Esporte | 03/04/2019

Pela primeira vez, Santa Catarina será sede nacional dos Jogos Escolares da Juventude



Depois de rodar o Brasil e visitar 10 cidades candidatas, o COB definiu Blumenau como a sede dos JEJs. Além disso, Cascavel (PR), Natal (RN) e Palmas (TO) receberão, em setembro, as três fases classificatórias regionais da competição. Os principais critérios para a definição das sedes foram as garantias governamentais de atendimento ao caderno de encargos, sessão dos locais de competição e centro de convenções (etapa nacional) e disponibilidade e tarifa da rede hoteleira.

Além de Blumenau, Palmas e Cascavel receberão pela primeira vez o evento. “É um feito histórico para Santa Catarina, em especial para Blumenau, ser escolhida como sede nacional da competição escolar mais importante do Brasil. Nos últimos anos, nosso Estado tem sido referência para o COB e para o Brasil e esta escolha, sem dúvida, vem corroborar com este reconhecimento”, destaca o presidente da Fesporte, Rui Godinho.

Em 2018, na edição nacional da competição, em Natal (RN), Santa Catarina ficou entre as três primeiras colocações entre todos os estados brasileiros ao conquistar 72 medalhas sendo 13 de ouro, 36 de prata e 23 de bronze.

Os representantes da delegação catarinense que disputarão os Jogos em Blumenau sairão da etapa estadual, que são os Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12 a 14 anos e 15 a 17 anos, que serão disputados de 14 a 22 de junho em São Miguel do Oeste.

Os Jesc e a delegação de Santa Catarina na etapa nacional serão gerenciados pelo Governo do Estado por intermédio da Fesporte.

“Os Jogos Escolares 2019 serão realizados mais uma vez de Norte a Sul do país. O que é um motivo imensa satisfação para o COB e reforça nossos objetivos de aumentar a abrangência desta importante competição para a identificação de talentos para o esporte nacional. O novo formato dos Jogos Escolares vem se mostrando muito bem sucedido, além de mais atrativo e acessível para as cidades”, ressaltou Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB.

Desde o ano passado, a maior competição estudantil do país é disputada em um novo formato. Agora, são três etapas regionais, destinadas a classificar as modalidades coletivas, e uma nacional, reunindo mais de seis mil atletas dos 26 estados mais o Distrito Federal.

Os Jogos Escolares da Juventude já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Da delegação brasileira que participou dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, 33 atletas entre 59 possíveis em 11 modalidades são da maior competição escolar do país.

Anualmente, os Jogos Escolares da Juventude reúnem mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, representando cerca de 40.000 escolas públicas e privadas de quase 4 mil municípios.

As datas das etapas regionais e da nacional dos Jogos Escolares 2019:

Regional Amarela (Sul/Sudeste/GO/MS): 02 a 06 de setembro
Cascavel (PR)
Regional Verde (Norte/DF/MT): 11 a 15 de setembro
Palmas (TO)
Regional Azul (Nordeste): 20 a 24 de setembro
Natal (RN)
Nacional: 16 a 30 novembro
Blumenau (SC)

 

Foto arquivo: Divulgação / Fesporte