Variedades | 14/05/2019

Bosque 55 pousa na Alameda Casa Rosa



Oitava edição do Bosque55 acontece dia 17 de maio na Alameda Casa Rosa. Mais de 100 profissionais estão envolvidos na produção da

label catarinense que recentemente passou pelo Paraná, e até o final do ano tem Minas Gerais e São Paulo na agenda. Live painting, banda gravando clip ao vivo e

ações sociais fazem parte das atrações evento que tem o DNA artístico e cultural da Ilha.

 

Dia 17 de maio a label Bosque55 vai bater asas novamente e, cumprindo seu papel itinerante, pousará na Alameda Casa Rosa, na subida do Morro da Lagoa, onde a estrutura do local condiz perfeitamente com a atmosfera do evento que integra natureza, música, gastronomia, arte e esporte numa experiência interativa. Esta será o oitavo Bosque55 em seu formato original e, não à toa, o mascote desta vez será uma borboleta, um animal que ilustra bem a constante metamorfose da label que nasceu no Leste da Ilha, conquistou toda a cidade, estreou em Curitiba em abril deste ano, e até dezembro fará tour por Belo Horizonte e São Paulo. O projeto ainda tem participações especiais em eventos como Bud Basement, na Copa da Rússia 2018, Inauguração do Selina Praia Mole, Momento Bosque55 no lançamento da carreira solo do músico Marcelo Falcão do O Rappa, no Stage Music Park.

Projetada e executada com total envolvimento do quarteto de sócios Atyla Lopes, Gui Maykot, João Pellegrini e Vitinho Wick, o Bosque55 nasceu há pouco menos de dois anos com a proposta de ser um ambiente cercado de referências locais, com a participação de artistas plásticos, músicos e atletas que, mesmo com expressão nacional, ou internacional, são ligados ao cotidiano da Capital. Seu DNA é a cara da essência simples da Ilha, onde não há camarotes, as atrações tocam perto do público e manifestações artística acontecem ao vivo.

Mais de 100 profissionais das mais diversas áreas estão envolvidos na produção do projeto que já botou mais de 10 mil pessoas pra dançar, interagir e se conscientizar. Parceiros como Quem disse Berenice também farão parte do evento oferecendo maquiagem e um presentinhos para as meninas da festa.

 

Música

A pista do Bosque55 é um caso de amor à parte. Sempre adorada pelo público que saiu de casa disposto a dançar, a trilha da noite passeia entre hip hop, samba, rock, com muita brasilidade e seus clássicos em geral. Já estão escaladas para o próximo Bosque55 a banda gaucha Gelpi, que é a atração principal desta edição, Congah, a banda liderada pelo talentoso Gabriel Melloy, - que irá gravar o vídeo clipe oficial da canção Se vai chover, de autoria de Melloy, durante o evento - e mais os Djs Filhos do Groove e Shaka.

 

Arte

A arte ao vivo é uma dos principais ingredientes do caldeirão cultural do Bosque55. E nesta edição da Alameda Casa Rosa ela será representada por: João Paulo Moser, artista plástico de Curitiba reconhecido por pintar rampas de skate em paisagens inóspitas, tema que será a inspiração da tela que produzirá evento; Lennon Monfort e todo seu impressionante realismo em preto e branco também marcará presença e, junto com Rhuan Santo e Gnomo, pintarão três telas simultaneamente conectando as três visões de um mesmo tema, a dualidade do mundo, o bem e o mal; Rita Boz, artista plástica que não tem os braços e, numa aula de superação faz suas obras com os pés, também fará parte do Bosque55, assim como Dogz, artista que produzirá uma tela coletiva junto com o público durante o evento;  além  do desenhista Jhozfer, que fará flash tatoo.

A Galeria do Bosque, que contempla obras feitas durante o evento em suas últimas edições, também estará exposta com painéis e quadros que levam a assinatura dos artistas Thiago Valdi, Marcelo Barnero, Bruno Alvarez, Ceará, Onecigar, Lennon Monfort e Dogz.

 

Atitude

Para esta edição na Alameda Casa Rosa, o Bosque55 reserva algumas surpresas, como a parceria com o Paradigma Cinearte, que vai distribuir alguns ingressos para o cinema, e também vai montar uma tela dentro do evento para exibição de curtas. 

O projeto Floripa Livre de Plástico será outro importante participante desta edição do Bosque55. Todas as latas de cerveja vazias que preencherem uma escultura de bambu e restos de rede de pesca, - feita pelo irreverente artista plástico Valdir Agostinho, - serão revertidas para o projeto Surf Social, encabeçado por Rodrigo Moreno, que atende crianças carentes do Morro do 25 com aulas de surf, skate, jiu-jitsu e exercícios funcionais.

Já os copos ecológicos personalizados do Bosque55 que não forem devolvidos em troca dos R$5 que custaram no início do evento, terão seus valores que não foram recolhidos empregados numa ação social em parceria com o projeto do Centro Cultural Escrava Anastácia. Na última edição do Bosque55, em fevereiro deste ano, mais de 500 copos não foram devolvidos e tiveram seu valor doado.

 

Gastronomia

A gastronomia será assinada por Off Burger, com hambúrgueres e acompanhamento, Galley 048 com opções de pizzas, e O Bem da Terra, especializado em pratos veganos. 

 

SERVIÇO:

 O que: Bosque 55 – Oitava edição

Quando: 17 de maio, a partir das 22 horas

Onde: Alameda Casa Rosa - Rod. Admar Gonzaga, 3401 - Itacorubi, Florianópolis - SC

 

Atrações:

Música: Banda Gelpi, Banda Congah, Dj ilhos do Groove e Dj Shaka.

Arte: live de artes plásticas com João Paulo Moser, Lennon Manfort, Rhuan Santo, Gnomo, Rita Bozz, Dogz, e Jhozfer fazendo flash tatoo

Gastronomia: Off Burger, Galley 048 e O Bem da Terra (vegano) 

Ingressos: www.pensanoevento.com.br

Informações: @bosque_55


teste