Florianópolis | 04/06/2019

Cerveja Corona realiza limpeza na praia dos Ingleses, em Florianópolis



Como parte das ações de combate ao lixo plástico nos oceanos, a cerveja Corona realizará, em parceria com a Parley for the Oceans, mais uma ação de limpeza de praia em Florianópolis. Dessa vez, a ação acontecerá no sábado (1), a partir das 9h, na Praia dos Ingleses. A iniciativa é aberta ao público e o ponto de encontro para quem quiser participar é no Canto Direito.

 

Para lembrar a importância de preservar nossos paraísos a marca faz ativação na semana dos oceanos

Essa limpeza faz parte de diversas ações que a cerveja Corona promoverá ao longo da semana para comemorar a Semana dos Oceanos, mas em especial o Dia Mundial dos Oceanos, que acontece em 8 de junho. A ideia é reforçar a importância de os brasileiros se engajarem na causa de combate à poluição marinha gerada pelos plásticos.   

 

O projeto global Corona x Parley foi lançado em fevereiro no Brasil, em Fernando de Noronha e seguiu para o Rio de Janeiro e Florianópolis. Agora, volta à Cidade Maravilhosa para engajar mais uma vez a população local e mostrar que juntos, podemos transformar o cenário negativo quanto à poluição marítima gerada pelo plástico.  

 

Em 2019, Corona e Parley realizarão, no Brasil, mais de 20 limpezas de praias e diversas campanhas e iniciativas de conscientização e de mobilização para combater o lixo nos oceanos. Até o momento, o projeto envolveu aproximadamente 250 pessoas e retirou mais de 300 quilos de lixo de praias de Fernando de Noronha, da Praia do Diabo, no Rio de Janeiro, e da Praia da Joaquina em Florianópolis, ajudando a proteger esses paraísos naturais e a propagar a mensagem do projeto e da importância de abraçarmos atitudes mais sustentáveis para garantir um futuro melhor para o nosso planeta.  

 

No mundo, o projeto Corona x Parley foi lançado em 2017 e já promoveu mais de 519 ações de limpeza de praia, com 25.808 voluntários em 15 países. Suas ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar as maneiras, os materiais e o pensamento por trás do plástico. Para saber mais sobre o projeto, acesse protectparadise.com.