Policial | 06/06/2019

Me senti um lixo relata vítima de estupro em SC esperou horas para fazer exame de corpo de delito



Me senti um lixo, horrível, totalmente exposta. Descreveria como uma situação vexatória. A declaração é de uma jovem de 24 anos que afirma ter esperado por mais de quatro horas para realizar um exame de corpo de delito, após ser estuprada. Segundo a vítima, o crime ocorreu no bairro Testo Central, em Pomerode, no Vale do Itajaí, no domingo (2), por volta das 23h. A polícia faz buscas para identificar o suspeito do abuso.